Mostrar 650 resultados

Descrição arquivística
Com objeto digital Documentação relativa a Atividade-Fim
Previsualizar a impressão Hierarchy Ver:
Despacho de 22 de setembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Bras...
Despacho de 22 de setembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual consta a tradução do “Aviso aos habitantes da cidade” – Alerta Português. O aviso diz que após gritos de saudação ao príncipe no teatro, os verdadeiros portugueses devem evitar cair na armadilha que os infames satélites do antigo despotismo lhes prepararam ao incutir a ideia de um reino independente de Portugal.
Despacho de 23 de setembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Bras...
Despacho de 23 de setembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual comunica ter recebido os despachos de 28 de junho. Maler comenta sobre a situação positiva da província brasileira, porém, alerta acerca de algumas manifestações desorganizadas em algumas capitais. Solicita o envio de dinheiro e tropas para a Província do Rio de Janeiro. O Cônsul francês também narra alguns acontecimentos, principalmente relacionados a assuntos de guerra, referentes às Províncias da Bahia, Pernambuco, São Paulo e Minas Gerais.
Cópia do despacho de 26 de setembro de 1821, de Lainé, Cônsul da França em Pernambuco, endereçado...
Cópia do despacho de 26 de setembro de 1821, de Lainé, Cônsul da França em Pernambuco, endereçado a Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, no qual relata a instalação, no dia 29 de agosto, de uma Junta Provisória na vila de Goiana, região norte da Província de Pernambuco.
Despacho nº 134, de 28 de setembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 134, de 28 de setembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual informa o envio, em anexo, de um exemplar impresso do ato de incorporação da Cisplatina ao Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, e de uma cópia de um jornal de Buenos Aires noticiando a chegada do Cônsul Juan Manoel de Figueiredo na dita cidade.
Despacho de 4 de outubro de 1821, de Francisco José Vieira, ministro das Relações Exteriores, end...
Despacho de 4 de outubro de 1821, de Francisco José Vieira, ministro das Relações Exteriores, endereçado a Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, no qual comunica sua nomeação para o ministério das Relações Exteriores.
Cópia do despacho de 6 de outubro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Cópia do despacho de 6 de outubro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Francisco José Vieira, ministro das Relações Exteriores, no qual acusa o recebimento da nota do ministro, em que informava sua nomeação para o ministério.
Despacho nº 135, de 9 de outubro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França n...
Despacho nº 135, de 9 de outubro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual relata que, diante da falta de medidas do governo para cessar os motins, a situação era cada vez mais preocupante, cartazes e cartas anônimas que objetivavam favorecer as revoltas, tomavam a cidade. Maler também comunica a saída de Pedro Álvares Diniz (s.d.) e a nomeação de Francisco José Vieira para o ministério das Relações Exteriores, assim como a chegada da fragata francesa, La Clorinde, comandada pelo Barão de Macaú.
Despacho nº 136, de 20 de outubro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 136, de 20 de outubro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual anuncia a chegada, no dia 13 de outubro, do navio Jean-bart, comandado pelo contra-almirante Jacob. Comunica que apresentou Jacob e os dois comandantes das embarcações L’Antigone e La Clorinde ao Príncipe Regente. Relata que houve uma festa em sua casa, no dia 15 de outubro, para receber os oficiais da divisão naval francesa.
Despacho nº 137, de 23 de outubro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 137, de 23 de outubro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual informa o envio, em anexo, de uma cópia da carta que recebeu de Lainé, Cônsul da França em Pernambuco, relatando a instalação, no dia 29 de agosto, de uma Junta Provisória na vila de Goiana, região norte da Província de Pernambuco.
Despacho nº 138, de 8 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 138, de 8 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual anuncia a existência de um novo jornal na cidade chamado O Espelho e informa o envio, em anexo, dos seis primeiros exemplares. Envia também, em anexo, o exemplar nº 101 da Gazeta em que há menção da discussão entre o ministério português e a legação da Áustria. Comunica o início da instrução do processo contra o Conde dos Arcos, conforme as ordens das cortes de Lisboa, e conclui que os crimes imputados ao conde pela Junta da Bahia, dificilmente seriam provados. Maler também transmite a partida de Luís do Rego para Lisboa no dia 26 de novembro.
Despacho nº 139, de 13 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 139, de 13 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual informa o envio, em anexo, de uma carta impressa em Madrid no mês de junho e reproduzida no Rio de Janeiro sobre a situação da America Meridional Espanhola.
Despacho nº 140, de 15 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 140, de 15 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual relata que, no seu ponto de vista, a anarquia progredia e a tendência geral dos últimos movimentos revolucionários conduziam à independência. Comenta que, segundo a população, se a sede do governo e da representação nacional não se estabelecessem no Brasil, seria necessária sua separação de Portugal. Anuncia a partida dos deputados nomeados pela Província de São Paulo para as cortes de Lisboa. Acrescenta que os mesmos receberam da Junta da dita província instruções visivelmente tendenciosas à independência.
Despacho de 16 de novembro de 1821, de Jacques-Marie Aymard (s.d.-1837), Conde de Gestas, endereç...
Despacho de 16 de novembro de 1821, de Jacques-Marie Aymard (s.d.-1837), Conde de Gestas, endereçado ao secretário da embaixada, no qual relata que a situação política do Brasil e a certeza de que o Barão Hyde de Neuville não viria ao Rio de Janeiro o obrigam a solicitar novas instruções para guiar sua conduta.
Despacho nº 141, de 17 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 141, de 17 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual relata que os meios empregados pelos dirigentes de Portugal para desorganizar o Brasil progrediam trazendo terríveis resultados, e devido a isso, o país havia se tornado um verdadeiro vulcão após os movimentos liberais ocorridos em várias províncias. Diz que o dia 5 de junho, dia em que as tropas portuguesas obrigaram D. Pedro a jurar as bases da Constituição da monarquia portuguesa, foi considerado pelas cortes uma data gloriosa e memorável em que a causa da justiça havia triunfado.
Despacho nº 142, de 21 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 142, de 21 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual retoma o assunto da carta anterior a respeito do movimento ocorrido na Bahia no dia 3 de novembro, e informa o envio do exemplar nº 8 do jornal O Espelho, em que detalhes do motim eram relatados.
Despacho nº 144, de 22 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 144, de 22 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual informa o envio, em anexo, de três cópias de notas enviadas ao ministro brasileiro, sendo duas delas em favor de dois comerciantes franceses estabelecidos no Brasil. Expressa seu espanto ao saber que todas as solicitações feitas nas notas foram recusadas. Relata seu pedido ao ministro para interceder por ele junto ao Príncipe Regente para persuadi-lo da necessidade de uma resposta positiva às suas solicitações, mas o ministro não conseguiu reverter a decisão. Diante da negativa, continuou negociando com agentes do governo e, por fim, suas demandas foram atendidas.
Despacho nº 145, de 27 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 145, de 27 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual comunica a estadia das embarcações francesas L’Antigone, La Clorinde, Jean-Bart e Aigrette, no período de 5 de setembro a 25 de novembro, no porto do Rio de Janeiro. Relata que os oficiais da marinha, Perrey e Jacob, visitaram o Príncipe Regente.
Despacho nº 146, de 29 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 146, de 29 de novembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual comunica o recebimento da carta de 28 de agosto anunciando a criação de um consulado no Maranhão e outro no Pará, tendo sido nomeados para os dois referidos consulados, Malulin e Dannery, respectivamente. Informa o anuncio dessas nomeações ao ministro brasileiro.
Despacho nº 147, de 3 de dezembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 147, de 3 de dezembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual informa o envio, em anexo, de um pedido de isenção de tarifas aduaneiras e da resposta positiva do ministro brasileiro.
Despacho nº 148, de 8 de dezembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 148, de 8 de dezembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual comunica que a maioria do corpo diplomático estava de férias, e estavam no Rio de Janeiro apenas ele e Wenzel Philipp Leopold (1784-1851), Barão de Mareschal, embaixador da Áustria no Rio de Janeiro.
Despacho nº 149, de 11 de dezembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 149, de 11 de dezembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual comunica a eleição de uma nova junta provisória na Província de Pernambuco no dia 26 de outubro e a eleição de novos presidentes para as juntas provisórias. Cita a eleição de Gervásio Pires Ferreira em Pernambuco, envolvido na Revolução Pernambucana. Notifica que o Príncipe Regente foi chamado a Lisboa após uma decisão unânime das cortes.
Despacho nº 151, de 30 de dezembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 151, de 30 de dezembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual relata que a maioria dos brasileiros não era a favor da partida de D. Pedro para Lisboa e existia a intenção do envio de uma petição solicitando a continuação de sua estadia no Brasil. Comenta que D. Pedro e sua esposa estavam dispostos a aproveitar todas as circunstâncias para atrasar a viagem.
Despacho nº 152, de 30 de dezembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 152, de 30 de dezembro de 1821, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual relata que o Arcebispo de Lima e notáveis negociantes chegaram ao Rio de Janeiro e apresentaram queixas em relação aos maus tratamentos do general San Martin.
Despacho nº 153, de 11 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 153, de 11 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual comunica a visita de uma delegação, composta de representantes do povo, ao Palácio da Boa Vista, na presente data, para solicitar ao Príncipe Regente que continue no Brasil. Neste dia, D. Pedro declarou que não cumpriria as ordens das cortes portuguesas e ficaria no Brasil.
Despacho nº 154, de 12 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 154, de 12 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual relata que, a partir do episódio do dia 9 de janeiro, D. Pedro entrou em conflito direto com os interesses portugueses, e por esse motivo houve reação das tropas portuguesas no Rio de Janeiro. Comenta que muitos brasileiros se juntaram às tropas do Brasil no Campo de Santana.
Despacho nº 155, de 13 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 155, de 13 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual comunica o pedido feito pelo Príncipe Regente, às juntas de São Paulo e Minas para que as tropas disponíveis fossem enviadas ao Rio de Janeiro. Relata insurreições de escravos no distrito de Campos. Conclui que o Príncipe Regente, ao optar por ficar no Brasil, tornou-se bem quisto pelos brasileiros e poderia vislumbrar uma bela carreira.
Despacho nº 156, de 14 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 156, de 14 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual relata a crise das tropas portuguesas, as quais necessitam de ajuda financeira.
Despacho nº 157, de 16 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 157, de 16 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual relata que, a partir do episódio do dia 26 de fevereiro, uma nova crise tem se instalado em virtude da demissão do Ministro Vieira por conta de sua saúde. Maler narra a falta do espírito crítico presente nos cidadãos da província do Rio de Janeiro.
Despacho nº 158, de 17 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 158, de 17 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual relata ter enviado uma carta a José Bonifácio de Andrada e Silva (1763-1838), ministro dos negócios estrangeiros e vice-presidente da junta provisória de Saint Paul. O Referido despacho cita vários nomes: Caetano Pinto Miranda, Joaquim de Oliveira Alvares, Manuel Antônio Farinha, etc.
Despacho nº 159, de 24 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França ...
Despacho nº 159, de 24 de janeiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual solicita em caráter extraordinário, uma estadia em Portugal para tratar de assuntos referentes ao governo. Demonstra acentuada preocupação a respeito das consequências negativas causadas pela extradição de um diplomata estrangeiro, principalmente no que se refere à relação entre a Europa e o corpo brasileiro. O Cônsul francês também comenta, em um primeiro momento, sobre populares insatisfeitos que pedem a suspensão de acordos. Em um segundo momento, solicita cópias de artigos oficiais que oficializam o suporte de tropas na província do Rio de Janeiro.
Despacho nº 161, de 3 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 161, de 3 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual retrata a publicação da gazeta da capital, nº 13, destaca a Revolta de Pernambuco que reverberou no Rio de Janeiro. A publicação traz detalhes sobre os habitantes pernambucanos, enfatizando-os como fiéis. Também comenta sobre a publicação da gazeta de nº 14. O Cônsul francês fez questão de traduzir literalmente o que foi escrito na gazeta de nº 14, ressaltando a importância do ministro José Bonifácio de Andrada, e ainda solicita a Pasquier que tal tradução chegue ao referido ministro. Maler aponta a evolução da Província de Minas Gerais, exaltando que a agricultura é a única reserva de recurso dessa província.
Despacho nº 162, de 7 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 162, de 7 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual aborda, dentre outros assuntos, a partida da família real, deixando a Província do Rio de Janeiro. Maler também comenta sobre a situação das tropas portuguesas e a chegada de fragatas vindas de Paris oferencendo seus serviços à Junta das Forças Armadas.
Despacho nº 163, de 8 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França...
Despacho nº 163, de 8 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado a Étienne Denis Pasquier (1767-1862), Barão Pasquier, ministro e secretário de Estado no departamento de Relações Exteriores, no qual relata as perdas na batalha recente contra Portugal, ressalta que faltou tempo necessário para realizar o embate com tropas portuguesas. Comenta também sobre a precariedade da comunicação deste lado do mar com o alto comissariado. Por fim, versa sobre a crise atual e sobre a sua retirada do centro da cidade para visitar outros lugares do interior.
Despacho nº 165, de 17 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da Franç...
Despacho nº 165, de 17 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual retrata o episódio, nº 18, da gazeta da Capital, detalhando os ocorridos na capital em janeiro daquele ano. O Cônsul francês também comunica que não estará na província do Rio de Janeiro, pois terá que viajar para Europa.
Despacho nº 166, de 20 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da Franç...
Despacho nº 166, de 20 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual retrata uma ruptura constitucional no Brasil. Destaca também que não sabe como tal ato começou, mas a separação é visível. O Cônsul alerta que, na carta de 26 de fevereiro de 1821, já teria informado da separação. Maler ressalta a importância da manutenção da paz no Brasil e acrescenta que seria muito importante a ida de representantes franceses ao Brasil.
Despacho nº 167, de 23 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da Franç...
Despacho nº 167, de 23 de fevereiro de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual destaca a expedição da ordem do Príncipe Regente ao ministro de finanças referente às necessidades orçamentárias do governo.
Despacho nº 170, de 5 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no ...
Despacho nº 170, de 5 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual destaca as muitas dificuldades enfrentadas na Província de Pernambuco, por conta disso, solicita a urgente a cooperação da capital para com as províncias.
Despacho nº 171, de 8 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no ...
Despacho nº 171, de 8 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual informa sobre a necessidade de audiência pública com a chegada da família real na capital brasileira.
Despacho nº 172, de 11 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no...
Despacho nº 172, de 11 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual relata a rápida adaptação da família real na capitania, além das descrições de passeios, tanto no centro da cidade como em outras províncias.
Despacho nº 173, de 11 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no...
Despacho nº 173, de 11 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual comenta sobre o acordo da chegada de um navio. O Cônsul francês solicita a urgente confirmação a respeito do assunto.
Despacho nº 174, de 12 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no...
Despacho nº 174, de 12 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual relata a pequena viagem do Príncipe Regente no interior do país. Maler também comunica que, apesar do clima amistoso, necessita urgentemente de tropas militares no Rio de Janeiro. Ministro Andrada endossa as solicitações de novas tropas, principalmente em terreno paulista.
Despacho nº 175, de 15 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no...
Despacho nº 175, de 15 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual comunica a chegada de José de Bonifácio de Andrada e Silva. O Cônsul francês descreve a difícil situação da Província do Rio de Janeiro, e comenta sobre a possível adesão ao projeto de emancipação do Brasil
Despacho nº 176, de 20 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no...
Despacho nº 176, de 20 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual discorre a respeito da necessidade de melhoras e reformas indispensáveis para consolidar o crédito público. Maler também relata que o governo permanece hesitante sobre a marcha.
Despacho nº 177, de 23 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no...
Despacho nº 177, de 23 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual relata ter assistido à cerimônia ao lado de um Barão e de outros comandantes franceses.
Despacho nº 178, de 25 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no...
Despacho nº 178, de 25 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual comenta sobre as disputas da trincheira da Baleia. Relata as cenas deploráveis vistas na batalha e chama atenção do governo do estado do Rio de Janeiro. Maler faz um retrato histórico dos últimos acontecimentos desde 28 de outubro de 1821 até fevereiro de 1822, destacando o Brasil e seus conflitos.
Despacho nº 179, de 25 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no...
Despacho nº 179, de 25 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual relata o número de perdas em território brasileiro, tais perdas são a consequência do não aumento efetivo das tropas parisienses.
Despacho nº 180, de 28 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no...
Despacho nº 180, de 28 de março de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual discorre sobre os problemas que estão acontecendo na Província de Minas Gerais e em parte da cidade da Bahia. Ressalta o despacho feito pelo Príncipe Regente. Maler também demonstra sua preocupação a respeito de uma possível proclamação e de problemas de comunicação do corpo diplomático e do Ministério Estrangeiro.
Despacho nº 181, de 1º de abril de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no...
Despacho nº 181, de 1º de abril de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual ressalta a importância dos despachos do ministro Andrade, e aponta alguns descontentamentos em relação ao modo como a Princesa o respondeu.
Despacho nº 182, de 8 de abril de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no ...
Despacho nº 182, de 8 de abril de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual relata sobre as diversas manifestações e agitações que reverberam na capital. Destaca a popularidade do ministro Andrade, juntamente com a influência do Príncipe Regente, mas informa que a situação na Província do Rio de Janeiro é exaustivamente crítica.
Despacho nº 183, de 16 de abril de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no...
Despacho nº 183, de 16 de abril de 1822, de Jean-Baptiste Maler (s.d.), Cônsul-geral da França no Brasil, endereçado ao Visconde de Montmorency, ministro das Relações Exteriores, no qual relata a ida do Príncipe Regente à capital de Minas. Ressalta que, apesar da distância, a ida do Príncipe era extremamente necessária, já que a Província de Minas Gerais apresentava muitas agitações.
Resultados 301 a 350 de 650